30 de novembro de 2010

"Saudades do tempo em que eu orava mais do que lia."



Eu tenho um casal de amigos muito queridos que estão morando no Canadá. Falo de Aldênio e Luluca (e a perquena Sofia). Mês passado chegou de presente pra mim, pelo correio, esse livro, que eles mandaram com muito carinho (inclusive com dedicatória dos autores).

Eu li esse livro com muita calma (inclusive porque está escrito em inglês) e refletindo bastante. É que os autores são protagonistas de um ministério de profecias e são de uma linha teológica muito mística...eu, que já vivi muito nessa área, de uns tempos pra cá ando muito "pé atrás", com muito cuidado.

A dificuldade é me manter sensato, equilibrado e responsável ("Crer é também pensar!"), sem perder a noção de que Deus é também imanente, ou seja, é também espírito, opera milagres e ninguém pode limitá-Lo.

Já vi que não estou conseguindo me expressar direito. Difícil é manter o equilíbrio...ser ortodoxo...ao mesmo tempo livre para expressar emoções...ao mesmo tempo crer que DEUS pode fazer algo sobrenatural aqui e agora...ao mesmo tempo não cair na armadilha de querer espiritualizar tudo...mas ao mesmo tempo não ficar cego para as coisas claramente espirituais a minha volta...ao mesmo tempo...ao mesmo tempo...

Voltando ao livro, trata-se de um conjunto de testemunhos do casal de autores, ilustrados e recheados de passagens bíblicas, reflexões, exegeses e "dicas".

Teologicamente o livro não tem qualquer valor. Pessoalmente o livro tem muito valor. As vezes eu tenho saudade de uma época em que eu lia menos e orava mais...essa reflexão e essa saudade já pagou o que Aldenio gastou com o livro e com o correio!

1 comentários:

aldenio disse...

aewss...
que bom que "mexeu" em alguma coisa!
abrasss