11 de junho de 2018

Tentando sair desse algoritmo de ler só o que reafirma minhas convicções!

Normalmente os livros que leio me são doados ou emprestados por quem me conhece e sabe o que gosto.

Esse livro ganhei de presente de uma igreja. Eu desconfiava que não iria gostar, pois tenho restrições ao autor, teologicamente falando.

Mas resolvi ler assim mesmo. É que estou tentando sair desse algoritmo de só ler o que reafirma minhas convicções.

Mas infelizmente não gostei. Uma série de histórias pessoais (cuja verossimilhança eu não posso atestar) que, na minha opinião não ajudam muito o leitor.

Mas resolvi postar aqui, mesmo assim. Esse não vale a pena (na minha opinião).
1 de junho de 2018

Juízes!



Trata-se de um livro para adultos. Para adultos cristãos. Adultos cristãos maduros.

Juízes não é fácil de ser lido, compreendido, interpretado, ensinado e, especialmente, aplicado.

Tim Keller ajuda muito a compreender!
22 de maio de 2018

O fim da ansiedade!

Como todos os livros de Max Lucado, a linguagem é simples e o livro é muito bom para quem está no início da jornada de espiritualidade como seguidor de Jesus de Nazaré.

Ansiedade nos pega a todos; alguns (como eu) mais do que outros.

Vale a pena!
15 de maio de 2018

2000 anos de Cristianismo Carismático!


Me preparando para mais um SVES, Marcondes me emprestou esse fantástico livro. Uma pesquisa maravilhosa.

Todo pastor, professor ou pregador não cessacionista deve ler isso.

Tenho pequenas discordâncias, sobretudo quanto ao Movimento de Convergência, mas, no mais, o livro é muito bom.

Inspirador!
14 de maio de 2018

Tom Hess - Sobre Jerusalém!

Há duas semanas estava a caminho de Jerusalém e Marcondes me emprestou esse livro, muito útil.

Tem muita coisa que eu confesso que não entendo bem e não estudei com afinco, sobre o Sionismo, a Teologia da Substituição (rechaçada no livro) etc...

Mas tem um capítulo com as principais datas e acontecimentos históricos, desde Melquisedeque, passando pela vitória sobre os Jebuseus, tempo de Jesus, criação do Estado de Israel e história moderna. Vale a pena demais essa parte!

R.T. Kendall

Esse é um bom livro do excelente R.T. Kendall, que equilibra ser um reformado equilibrado e carismático.

Todo mundo deve ler. Trata de que todos temos que cuidar para não permitirmos que nossa espiritualidade seja transformada em mera religiosidade.

Linhas muito tênues requerem vigilância constante!
26 de abril de 2018

Maurício Zágari!

Acabei de ler esse livreto, muito bacana.

O Autor tem ido lá na igreja de vez em quando. Gosto porque ele escreve bem e é muito objetivo.

É uma pequena jornada, em linguagem simples, pelas principais doutrinas cristãs...cada capitulo é um pequeno resumo das partes da teologia sistemática.
23 de abril de 2018

Você é aquilo que ama!

Ganhei de Condes esse livro.

Ele tem partes muito boas e outras mais cansativas.

Mas as partes boas são excelentes. Gosto muito da defesa que o Autor faz da tradição sacramental.

Todo líder de juventude e pastor de jovens deveria ler pelo menos a partir da pág. 190.

Transcrevo algo da pág. 47:

"Adore seu próprio corpo, beleza e sedução sexual e você se sentirá sempre feio e, quando o tempo e a idade começarem a aparecer, morrerá um milhão de mortes antes de ser finalmente levado (...) Adore o poder - você se sentirá fraco e temeroso, precisando sempre de mais poder sobre os outros para afastar o medo. Adore seu intelecto, ser visto como alguém inteligente - acabará se sentindo estúpido, uma fraude, sempre prestes a ser desmascarado."
20 de abril de 2018

Sapiens!


Ganhei de Robi (aquela que é minha fornecedora oficial de livros não confessionais cristãos), por ocasião do meu aniversário.

O livro é muito bom.

Não vou ficar refutando as coisas com as quais não concordo pois a maioria delas só podem ser refutadas por fé/experiência pessoal. Como todo cientista, o autor tem seus viéses.

Mas o livro é bem escrito demais; interessante demais.

Para mim, o melhor é o capítulo sobre felicidade e as análises sobre as questões químicas, sociais, religiosas que envolvem o tema.
3 de abril de 2018

Teologia Sinfônica!

Marcondes me emprestou esse livro.

É bom, mas técnico demais para um teólogo enferrujado que atua como pastor, muito mais do que como professor.

Gosto da ideia de poder "flertar" com diversas teorias e "teologias".

Aprender a ouvir todo mundo. Acolher o que de melhor cada perspectiva teológica, pastoral e eclesiológica tem.

Hibisco Roxo!

Ganhei esse livro de Robi (que continua na sua heroica e mesopotâmica tarefa de me fazer ler livros não religiososos ou tecnicos).

Já tinha visto um TED da Autora e achei maravilhoso.

O livro é muito bom. É romance e trata do importante tema da evangelização (colonização) que ocorreu no terceiro mundo (nesse caso a Nigéria) e as disparidade da fé confessada e comportamento vivido.

Aproveitei para ler muito em razão da notícia da doença de Tão! Ler me fazia (faz) esquecer um pouco as questões daqui e me transportam para o mundo do livro!
Muito bom!
20 de março de 2018

Gary Chapman!


Tia Stela Cox me emprestou esse livro do Dr. Gary Chapman. Ele escreve muito bem.

O livro fala de pessoas improváveis (como todos somos) na história da salvação por Cristo, tais como: Bate Seba, Raabe,Tamar, etc...

Tudo que for escrito sobre graça (Jesus) ainda é pouco! Vale a pena!

As boas novas que [quase] esquecemos!


Gosto de tudo o que Kevin DeYoung escreve. Esse livro que Condes me emprestou é o mais diferente que li dele. Gosto de intercalar leituras devocionais, biografias e livros sobre doutrina.

Esse livro é um comentário do Catecismo de Heidelberg e rendeu bons sermões.

Adhemar de Campos!


Ganhei de presente esse livro de Marthinha.

Adhemar é sempre muito valioso pois tem muita experiência na área de música a serviço da adoração.

Vale a pena, especialmente para quem está começando a trabalhar nessa área.
27 de fevereiro de 2018

São Francisco de Assis!



Estamos nos preparando para a viagem de Israel, com parada estratégica em Roma e visitaremos Assis, a cidade de São Francisco.

Condes então me emprestou esse livro. Só li a metade, deixando de lado, por enquanto, a parte de São Tomás de Aquino.

O livro me trouxe várias informações curiosas sobre Francisco. O autor é espetacular, mas não é leitura simples!
9 de fevereiro de 2018

Sinais de uma igreja viva!

Stott é sempre maravilhoso.

Massa o que ele diz sobre Paulo afirmar à igreja em Corinto (1Co 2) que os serviu sem palavras de sabedoria humana, mas com poder da fé no Cristo crucificado e em "fraqueza".

Paulo se vulnerabilizou e isso faz a diferença no mundo de hoje!

O mártir das catacumbas!


Esse excelente livro me foi emprestado pelo Bispo Miguel Uchôa. Eu disse a ele que ira levando um grupo para Israel, passando por Roma, e ele me emprestou já que iremos visitar as catacumbas de Roma.

O fantástico é que não se sabe quem é o autor. O manuscrito foi encontrado numa embarcação centenas de anos atrás.

É um romance maravilhoso!

O acorde secreto!


Esse foi um dos melhores livros que li nos últimos anos. Comparo com os livros de Taylor Caldwel.

É um romance, baseado em fatos bíblicos. Histórias do rei Davi, contadas do ponto de vista de Natã, o profeta.

Vale muito a pena!

Fantástico.

Condes me emprestou e eu recomendo.

5 de fevereiro de 2018

As quatro faces do amor!

Ganhei de presente esse livro de Marcondes.

É do meu amigo e Bispo Miguel Uchôa.

O livro é fantástico. Recomendo demais.

Amor de amante; de amigo; de irmão. Amor de Deus.
19 de janeiro de 2018

Raniero Cantalamessa!


Ganhei de presente mais dois livrinhos do Padre Raniero Cantalamessa no natal.

Esse aí de cima é bem pequeno, mas muito bom, introduzindo o Espírito Santo para aqueles que não O conhecem.

Esse aí de baixo é mais denso e provocador, sobre pobreza. Ainda não estou pacificado em relação a esse tema. Esse livro não me ajudou (não porque seja ruim, mas porque minhas contradições são muitas nessa área).

Ao contrário, o livro lança mas desafios e reflexões.



Valem muito apena.
9 de janeiro de 2018

Ernesto Sabato!

Meu amigo George Guilherme me emprestou esse livro.

Não conhecia o autor, mas depois pesquisei e vi que se tratava de um gênio!

O livro é muito bom. Eu não sei se aproveitei o que deveria ter aproveitado apenas pelo momento da vida. Tem momentos que estamos mais ou menos sensíveis para leituras profundas como esta.

Um livro de memórias é melhor aproveitado quando estamos também a requalificar ou resignificar a nossa própria história.
8 de janeiro de 2018

Lázaro Ramos!


Ganhei de Robi esse livro (ela insiste em ser minha fonte de livros não necessariamente ligados á espiritualidade e cristianismo).

Bom livro. Não achei espetacular. Mas vale a pena. E sou fã de quem se expõe da forma como ele o faz.