7 de fevereiro de 2011

Cristo e a Criatividade!



O título do livro já havia me conquistado. Quando comecei a leitura, vi que o conteúdo não tinha nada a ver com o que eu imaginava, mas de alguma forma, o autor conseguiu minha atenção e me edificou bastante.

No meio cristão há muitas expressões artísticas...há muita oportunidade de "exibir" arte...por isso há muitos aspirantes a artistas. Falo de gente "amadora" que gosta de fazer arte.

A leitura desse livro, sobretudo do capítulo onde alguns artistas cristãos escrevem cartas com conselhos aos mais jovens, deveria ser recomendada nas igrejas.

Vou transcrever um trecho, sobre conhecermos passagens bíblicas:

"Na verdade, podemos conhecê-las de cabeça, mas somente depois de se tornarem vivas no coração é que realmente começamos a escutá-las".

Acho que a arte tem esse poder de vivificar o Evangelho.

1 comentários:

marcondes disse...

Dever ser bom, eu gosto do autor, ele é o compositor daquele hino classico da amy grant " EL-SHADAI"