26 de maio de 2009

Cristianismo Puro e Simples

Pronto. Depois de interromper minhas leituras normais para ler livros técnicos (por obrigação acadêmica ou laboral), finalmente terminei de ler esse clássico de C.S.Lewis, cujo título é o mesmo do post.

Na medida em que Stott escreveu "Ouça o Espírito, Ouça o Mundo" para as questões doutrinárias, eclesiásticas, com toques devocionais, Lewis escreveu "Cristianismo Puro e Simples" num prisma puramente devocional, com toques de teologia e doutrina.

As páginas sobre casamento, sobre perdão, sobre caridade e sobre fé realmente se destacam.

Esses últimos três finais de semana eu tive o privilégio de falar do Evangelho [Acampamento de Adolescentes da Catedral Carismática - Igreja Independente (que não me lembro a denominação) em Cajueiro Seco, Plano B - da Igreja Presbiteriana de Candeias], e sábado que vem vou de novo a um acampamento da Catedral Carismática de Vitória, dessa vez em Glória do Goitá.

Me preparando para tais compromissos, observei que o que precisa ser dito é sempre simples: 1) Deus ama você; 2) Você precisa reconhecer que é pecador e precisa de Cristo; 3) Deus não desiste de você por causa do seu pecado - persevere; 4) não julgue; 5) ame muito, sem limites, o próximo; 6) perdoe; 7) seja generoso...etc...

Está tudo nesse livro. Nada escapou nesse clássico. A gente é que complica as coisas.

O Cristianismo moderno não é puro e nem simples...mas deveria ser assim, como o autor escreveu...o Evangelho é assim...simples...

1 comentários:

aldenio, o inigualável disse...

pois é... no fim das contas, é tudo uma coisa só! e tudo se "carnificica" em Jesus...
Deus se garante!
aews